Tratamento da Esquizofrenia

A esquizofrenia é uma lasenfermedades mentais, considerada grave. Trata-Se de uma desordem cerebral que deteriora a capacidade das pessoas em seus aspectos psicológicos, como o pensamento, emoções ou a vontade. Tudo isto quer dizer que perde contato com a realidade, sofre alucinações e delírios, assim como uma alteração do funcionamento a nível social e de trabalho. Conviver com um doente de esquizofrenia não é fácil, especialmente no início da doença, juntamente com os episódios agudos, já que leva a um stress emocional para os seus prestadores de cuidados de saúde. Além disso, estes últimos se sentem insatisfeitos diante da pouca informação e o escasso apoio que recebem por parte das instituições. Atualmente, a esquizofrenia trata-se, fundamentalmente, com determinados medicamentos, como os antipsicóticos, que se diferenciam em dois grupos: – Os clássicos: clorpromazina, tioridazina e haloperidol. – Os atípicos atípicos: clozapina, ziprasidona, risperidona, quetiapina e olanzapina. Os dois grupos possuem a capacidade de corrigir desequilíbrios de neurotransmissores, a dopamina, e aliviar os sintomas positivos. No entanto, os atípicos atípicos têm uma grande capacidade de conseguir o desequilíbrio do neurotransmissor serotonina, que têm uma grande eficácia sobre os sintomas negativos e produzem menos efeitos colaterais. Em casos muito específicos, quando a resposta ao tratamento com medicamentos é escassa e o doente corre grave risco de suicídio ou agressão para com os outros, pode estar indicado o tratamento com eletrochoque, em casos de esquizofrenia catatónica, o qual é um tratamento seguro e eficaz, apesar da má imprensa que tem. O tratamento medicamentoso pode combinar-se com medidas de terapia psicossocial, que mantêm o paciente ativo e ocupado. Também o apoio do médico ao doente é muito importante, já que vai ajudar a tratar a sua doença e a conviver com a mesma, além de ensiná-lo a utilizar os recursos psicológicos, próprios ou alheios, que vai aproximá-lo mais ao seu ambiente. Fonte Imagens ThinkStock.