Processo de geração e validação de uma Nota Fiscal Eletrônica

A Nota Fiscal Eletrônica é um documento (XML), emitido e armazenado eletronicamente, que tem como objetivo documentar as operações de circulação de mercadorias ou prestações de serviços entre as partes anunciantes e candidatos a esses bens ou serviços em diferentes estados do Brasil. A emissão de nota fiscal eletrônica pode ser feita nos próprios programas de cada estrado. Para quem mora em Manaus, por exemplo é preciso fazer o cadastro Nota Manaus no site da prefeitura para ter o alvará de funcionamento autorizado e conseguir emitir a nota fiscal. 

A validade fiscal e jurídica da Nota Fiscal é garantida pela assinatura digital do remetente e o destinatário, e a validação do documento por parte das autoridades fiscais brasileiras (Secretaria de Fazenda - SEFAZ), como passo prévio para a transação comercial.

Processo de geração e validação de uma Nota Fiscal Eletrônica

  • Através do gráfico abaixo, pode-se apreciar de forma simples e visual, o funcionamento e o processo que experimenta uma Nota Fiscal, desde a sua geração até a sua validação por parte da SEFAZ.O arquivo XML é assinado com um certificado digital.
  • A fatura eletrônica é transmitida pela web service ao SEFAZ.
  • A SEFAZ realiza um arquivo de pré-validação e devolve uma autorização de uso para poder mover as mercadorias.
  • Para cobrir legalmente o trânsito da carga, a empresa imprime o DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal eletrônica), em papel normal.
  • O DANFE é um documento de suma importância que, embora gerado em modo eletrônico e validado pela mesma via, por parte da SEFAZ, deve acompanhar em formato papel às mercadorias durante o seu movimento para o interior da nação.


O modelo eletrônico traz grandes benefícios para as empresas

Desde que em outubro de 2005, o SEFAZ fizesse válida em todos os estados da Federação, o uso da Nota Fiscal eletrônica, as empresas brasileiras obtiveram grandes vantagens, sobretudo em termos de agilidade administrativa e economia de custos e tempo, isso tornou o que, em princípio, foi um projeto piloto, o avanço tecnológico, mais produtivo do setor de tecnologias da comunicação comercial no Brasil.

  • Fluidez de gestão administrativa ao integrar diretamente a Nota Fiscal com o ERP do cliente, sem a necessidade de inserir os dados manualmente.
  • Garantias de segurança máxima ao poder integrar sistemas eletrônicos capazes de verificar a autenticidade das assinaturas digitais.
  • Armazenamento eletrônico dos arquivos originais, melhorando a eficiência administrativa e as condições de segurança dos documentos.
  • Redução dos erros de contabilidade, devido à eliminação das contas de erros tipográficos humanos