Óleo de Prímula: benefícios e propriedades curativas

O óleo de Prímula é um desses produtos naturais que cada vez mais se estão usando mais, graças às propriedades terapêuticas e curativas que contém. É usada para uma grande variedade de distúrbios, doenças ou males. O óleo de Prímula é obtido das sementes que se submetem a pressão em frio, de uma planta originária da América do Norte que se conhece com o nome de prímula ou prímula. Apesar de ser usada há séculos por suas propriedades medicinais e curativas naturais, é nos últimos tempos, quando se tornou moda como complemento alimentar. O óleo de prímula conta com um grande número de propriedades benéficas para a saúde. No entanto, há que ter em conta, tal como acontece com o resto de medicamentos naturais e suplementos alimentares, que nunca pode substituir um tratamento medicamentoso prescrito pelo nosso doutor, e que diante de qualquer tipo de doença, há que recorrer sempre ao nosso médico especialista. É um óleo muito rico em ácidos graxos poliinsaturados essenciais, fundamentais para o bom funcionamento das células do organismo, o desenvolvimento do sistema nervoso, hormonal e a regulação dos processos de coagulação. Todas essas propriedades benéficas têm feito com que cada vez tenha mais aplicações. Embora seu consumo é seguro para a maioria das pessoas, é importante sempre consultar com o especialista do seu consumo. Algumas das queixas e doenças que poderiam se beneficiar das propriedades do óleo de Prímula seriam: A osteoporose. Os sintomas da síndrome pré-menstrual A dor no seio (mastalgia). O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade. Reduzir os sintomas da dermatite atópica (eczema). Os golpes de calor causados pela menopausa. O síndrome de fadiga crônica. A artrite reumática. Para Evitar complicações durante a gravidez. O câncer. Combater a acne A esclerose múltipla A artrite reumática. As doenças cardíacas. O colesterol elevado. Mal de Alzheimer. * Há que ter em conta que não foi comprovado sua eficácia em alguns destes casos.