O que é o PH da pele?

É um termo que levamos a vida inteira ouvindo os anúncios de gel e sabonetes de todos os tipos, mas o que é o pH da pele? A partir de um ponto de vista técnico, o pH é um símbolo químico que indica a potência de hidrogênio de uma solução. Para que seja mais fácil a sua compreensão, haveria que notar que é uma medida da acidez ou alcalinidade de uma determinada substância, neste caso concreto da pele. O valor do pH pode variar entre 0 e 14. Por exemplo, o nível de pH da água é 7, que é o valor que é chamado de pH neutro, que é o que também tem a pele de uma pessoa ao nascer. Se um produto ou substância apresenta um pH menor que 7 é considerado ácido e se é maior do que 7 alcalina. Na idade adulta varia entre 4.5 e 6, sendo o nível médio de 4,85 nos homens e 5 mulheres. O pH também pode variar de acordo com a área do corpo e também por idade, sendo mais alcalinos os valores em idosos. Há que ter em conta que o pH se vê alterado de forma temporária (umas duas horas)depois de um banho, já que só porque a água tem um pH que oscila entre 7.5 e 8.0. Se você não recupera o nível normal, a pele começa a produzir mais ácido. Mas, geralmente, a diferença de pH entre os sexos é escassa, por isso não é realmente necessário produtos para o banho ou cosmética diferentes para cada um deles. Na pele encontramos hipodermes ou "manto ácido", que é um tecido com um pH ligeiramente ácido e que tem uma função fundamental, já que permite lubrificar a pele e protegê-la de bactérias, irritações e qualquer tipo de agressão externa. Quando uma pessoa se lava muito com sabão está fazendo com que esta hipodermes perca parte de sua acidez, por isso que a pele se tornará mais alcalina e estará mais exposta ao crescimento de bactérias. Por isso, há sempre que ter cuidado com os produtos que são utilizados para o banho, já que os que têm um pH inferior a 6 ou superior a 8 estamos alterando os valores normais do pH, e, por conseguinte, prejudicar a nossa pele. Além disso, um pH de hipodermes mais alcalino ocorre dermatite e prurido. O pH também do tipo de pele que você tem uma pessoa: – O pH normal da pele é de 5.50. É o menos comum e se caracteriza por um aspecto aveludado, livre de rugas, espinhas, cravos ou pontos negros. A pele funciona perfeitamente e não é afetada por nenhum agente externo. – O pH da pele oleosa costuma ser alcalino e, portanto, não apresenta defesa ácida, o que está mais exposto a bactérias e agentes externos. Caracteriza-Se por um aspecto oleoso, já que as glândulas sebáceas produzem um excesso de óleos. É a pele característica de as pessoas com poros dilatados, cravos e que têm acne. – Por último, o pH da pele seca é mais ácido do que o habitual. Oferece uma aparência de aspereza ao toque e finas rugas em pessoas adultas. As glândulas sebáceas produzem muito pouco de óleo.