O que é a Própolis?

O própolis é uma substância resinosa, obtido a partir de brotos e cascas de árvores, utilizada pelas abelhas, para cobrir e assim oferecer proteção à colméia. Sua composição varia, dependendo do clima e da flora, e é rica em flavonóides e óleos essenciais, assim como oligoelementos, vitaminas e aminoácidos, sem contar resinas e bálsamos. Tem ação antibiótica, que protege contra vírus e bactérias. Mas isso depende da fonte vegetal, basicamente é composta de cerca de 30-40% de cera de abelha, 50% a 55% de resinas e bálsamos,5-10% de óleos essenciais, 5% de pólen e 5% de materiais orgânicos e minerais, dos 160 compostos reconhecidos, 50% são compostos fenólicos, os quais possuem uma ação farmacológica. Há outro grupo de compostos, como elementos minerais que se encontram em quantidades mínimas, que são fundamentais na atividade biológica da própolis e no metabolismo celular, destacando-se a provitamina A) e algumas vitaminas do complexo B, especialmente a vitamina B3, além de polissacarídeos e aminoácidos, entre outras substâncias. Sua importância reside em que o própolis. Tomado como um suplemento dietético, fortalece o sistema imunológico contra infecções, é antibacteriano, antiviral, anti-inflamatório, cicatrizante, analgésico e imunoestimulante. Nas vias respiratórias, funciona como um antibiótico de amplo espectro, sendo um efetivo antigripal e muito útil em processos de garganta e da boca, por sua ação anti-inflamatória e analgésica, o que impede a formação de cáries e placa bacteriana. Além disso, é um excelente aliado nos casos de tuberculose pulmonar. Não usar em casos de asma, já que pode empeorarlos. Exerce sua ação favorável no estômago e cólon, em casos de úlcera gástrica para combater a "Helicobacter Pylori", gastrite, diverticuktitis, Doença de Crohn, também normaliza o peristaltismo intestinal, regenera as úlceras, impede a parasitoses e é um excelente protetor do fígado. A nível ginecológico combate as cândida, inflamações vaginais e a coceira, mediante o própolis diluído em água e é eficaz no tratamento de fungos da pele, feridas, úlceras, acne, alergias, dermatites e psoríase, através de comprimidos e cremes. Fonte Imagem: nickodoherty/flickr